Ouça a Rádio Ao Vivo

Direção

Fundação Dom Avelar

A Fundação Dom Avelar Brandão Vilela é uma fundação brasileira vinculada à Arquidiocese de São Salvador da Bahia, Sé Primacial do Brasil. Pertencem à fundação uma série de veículos de comunicação e projetos sociais, tendo como principal a Rede Excelsior de Comunicação. A Fundação foi criada pelo cardeal Frei Lucas Moreira Neves, 25º arcebispo de São Salvador da Bahia, com a missão de “Promover o desenvolvimento integral da pessoa humana a partir de uma ação social libertadora fundamentada nas Sagradas Escrituras e no Magistério da Igreja, apoiando-se entre outros nos modernos meios de comunicação social” (art.2º, Escritura Pública de Instituição).

O nome da Fundação perpetua a memória do Cardeal Avelar Brandão Vilela, que foi uma significante personalidade da Igreja Católica, sendo o 24º arcebispo de São Salvador da Bahia e o responsável pelo reconhecimento do título de primazia já consagrado à Sé da Bahia, requerendo da Santa Sé o título de Primaz do Brasil logo no início do seu pastoreio na arquidiocese católica de São Salvador da Bahia.

De acordo com o Artigo 15 do Estatuto Social da Fundação Dom Avelar Brandão Vilela, “são responsáveis pela administração e fiscalização da Fundação: 1 – Conselho Superior; 2 – Diretoria Executiva; 3 – Conselho Fiscal”. Ainda prescrito no Artigo 9 do Estatuto, “a Diretoria Executiva é o órgão da Administração Geral da Fundação, cabendo-lhe cumprir e fazer cumprir as finalidades estatuárias e as diretrizes gerais promarcadas pelo Conselho Superior”.

Presidência

Por disposição contida no artigo 7º da escritura pública da Fundação Dom Avelar Brandão Vilela, a Fundação terá sempre como presidente o arcebispo de São Salvador da Bahia e primaz do Brasil, atualmente o cardeal Sérgio da Rocha.

O cardeal Sérgio da Rocha nasceu em Dobrada, no estado de São Paulo, no dia 21 de outubro de 1959. O cardeal recebeu a Ordenação Diaconal na Igreja Santa Cruz de Matão, São Paulo, no dia 18 de agosto de 1984. No mesmo ano, em 14 de dezembro, recebeu a Ordenação Presbiteral na Matriz da Paróquia Senhor Bom Jesus de Matão, São Paulo, na Diocese de São Carlos. O cardeal Sérgio da Rocha foi nomeado como bispo-auxiliar da Arquidiocese de Fortaleza, no Ceará, em 13 de junho de 2001; e em 11 de agosto do mesmo ano recebeu a Ordenação Episcopal, assumindo como lema “Omnia in caritate” (Tudo na Caridade – 1Cor 16, 14).

Em 31 de janeiro de 2007, foi nomeado pelo Papa Bento XVI como arcebispo coadjutor da Arquidiocese de Teresina, Piauí, iniciando o pastoreio em 30 de março de 2007 e, pouco mais de um ano depois, em 3 de setembro de 2008, assumiu a Arquidiocese como Arcebispo Metropolitano.

O cardeal Sérgio da Rocha também foi presidente do departamento de Vocações e Ministérios do Conselho Episcopal Latino-americano (Celam), de 2007 a 2011; e representou a CNBB na XIII Assembleia do Sínodo dos Bispos sobre a Nova Evangelização, em 2012, e na XIV Assembleia do Sínodo dos Bispos sobre a Família.

Foi criado Cardeal pelo Papa Francisco no Consistório realizado na Basílica de São Pedro, em 19 de novembro de 2016, recebendo o título da Basílica de Santa Cruz na Via Flaminia, em Roma. O cardeal foi presidente da Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB), de 2015 a 2019, e relator geral da XV Assembleia dos Bispos, em 2018, que teve como tema a juventude. Atualmente, o cardeal Sergio da Rocha é membro do Conselho da Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos (Vaticano), da Pontifícia Comissão para a América Latina (CAL), da Congregação para o Clero (Vaticano), da Congregação para os Bispos (Vaticano) e do Conselho de Cardeais (C9) do Papa Francisco.

Em 11 de março de 2020, o cardeal Sérgio da Rocha foi nomeado pelo Papa Francisco como 28º arcebispo de São Salvador da Bahia e Primaz do Brasil, sucedendo o arcebispo emérito, dom Murilo Sebastião Krieger, que se aposentou após completar a idade de aposentadoria dos bispos, 75 anos. A posse aconteceu no dia 5 de junho do mesmo ano, na Catedral Metropolitana do Santíssimo Salvador, sede da Sé Primacial do Brasil.

Direção

Em 2023, o cardeal Sérgio da Rocha, presidente da Fundação Dom Avelar Brandão Vilela, mantenedora da Rede Excelsior de Comunicação, empossou a nova diretoria da Fundação Dom Avelar e da Rede Excelsior de Comunicação, composta pelos padres Danilo Pinto dos Santos e Gil André Vieira Peixinho, substituindo a gestão do padre Aderbal Galvão de Souza e do Sr. José Trindade da Costa Lage, que durou cerca de 30 anos.

O padre Danilo Pinto dos Santos foi empossado como diretor-geral da Fundação Dom Avelar Brandão Vilela e Rede Excelsior de Comunicação (AM 840/FM80.1 e FM 106.1). Padre Danilo Pinto é um sacerdote da Arquidiocese de São Salvador da Bahia, com formação de mestrado em Bens Culturais e MBA em Gestão empresarial, e já ocupou as funções de professor da Universidade Católica do Salvador (UCSAL), vigário da paróquia Nossa Senhora da Conceição de Itapuã, pároco da paróquia Sagrada Família, assessor da Pastoral Universitária da Arquidiocese de São Salvador e assessor do setor Universidades e Bens Culturais da Conferência dos Bispos do Brasil (CNBB). Atualmente exerce a capelania da Capela do Instituto Feminino da Bahia e atua como assessor do Instituto Nacional de Pastoral Padre Alberto Antoniazzi, vinculado a secretária-geral da CNBB.

O padre Gil André Vieira Peixinho foi empossado como diretor-secretário da Fundação Dom Avelar e diretor de programação da Rede Excelsior de Comunicação (AM 840/FM80.1 e FM 106.1). Padre Gil Peixinho é padre da Arquidiocese de São Salvador da Bahia e já desempenhou as funções de pároco da paróquia Sagrada Família, pároco da paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso (atual Catedral da Diocese de Cruz das Almas, Bahia), diretor da extinta Rádio Alvorada (atual Excelsior Recôncavo) da Cidade de Cruz das Almas e reitor do Seminário Central São João Maria Vianney. Atualmente atua como pároco da paróquia Nossa Senhora da Conceição de Itapuã.

Quadro de dirigentes da Rádio Excelsior:

1941 – 1942: Dr. Augusto Cesar Viana Neto

1942 – 1968: Sr. Cleto Amaro Araponga

1968 – 1984: Sr. Wilson Alves Menezes

1984 – 1986: Sr. José Jorge Randam

1986 – 1987: Monsenhor Walter Jorge Pinto de Andrade

1987 – 1990: Sr. José Alírio Aquino

1990 – 1992: Frei José Orlando Andrade Bittencourt, OFM.

1992 – 2023: Padre Aderbal Galvão de Sousa

2023 – Atualidade: Padre Danilo Pinto dos Santos e Padre Gil André Vieira Peixinho