Ouça a Rádio Ao Vivo

CNBB e IPHAN retomam acordo de cooperação técnica para preservação do Patrimônio Cultural da Igreja

A presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recebeu na sede da entidade, em Brasília (DF), o presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Leandro Grass, e a assessora de relações públicas e institucionais, Mariana Lauande.

A agenda foi consolidada por iniciativa da Comissão Episcopal para a Cultura e a Educação da CNBB e teve como foco principal a retomada do acordo de cooperação técnica que visa a realização de ações conjuntas de preservação e valorização do patrimônio histórico, artístico e cultural da Igreja Católica, de natureza material.

“Esse acordo tem como objetivo a realização de ações conjuntas em vista da identificação, preservação, difusão e promoção dos bens culturais da Igreja com o tombamento nacional, que somam só de Igrejas 32 % do patrimônio cultural nacional. Então, realmente, nós temos uma participação muito grande. Se nós somarmos tudo que nós temos, isso passa de 60%, então a Igreja é a grande detentora do patrimônio artístico-cultural brasileiro”, explicou dom Gregório Paixão, presidente da Comissão para a Cultura e a Educação da CNBB.

Na reunião, o arcebispo de Porto Alegre e presidente da CNBB, dom Jaime Spengler, salientou que a CNBB se compromete a continuar cumprindo e realizando as ações propostas no acordo, dentre elas a de “fomentar à conservação e promover a capacitação com vistas à preservação do patrimônio da Igreja”.

Como forma efetiva da implementação do acordo, o Iphan e a CNBB se comprometeram, durante a reunião, a realizar um Seminário Nacional de Bens Culturais da Igreja. A proposta, segundo o bispo de Petrópolis e presidente da Comissão para a Cultura e a Educação da CNBB, dom Gregório Paixão, é que a iniciativa seja realizada em Aparecida, São Paulo, e que aconteça no primeiro semestre de 2024.

No final, o presidente da CNBB, dom Jaime Spengler, presenteou o Iphan com uma coleção da Pontifícia Comissão para os Bens Culturais da Igreja, publicada pela Edições CNBB, que trata sobre a inventariação e catalogação dos bens culturais pertencentes a entes e instituições eclesiásticas. Já o presidente do Iphan, Leandro Grass, presenteou a CNBB com uma edição comemorativa da Revista do Patrimônio.

Na reunião, além da presidência da CNBB estiverem presentes representantes da Comissão Episcopal para a Cultura e a Educação e a Comissão Episcopal para a Liturgia. Também membros da Assessoria de Comunicação e da Assessoria de Relações Institucionais e Governamentais da CNBB participaram.

Fonte: CNBB

Imagens: ASCOM/CNBB

Últimos Posts