Ouça a Rádio Ao Vivo

Diretores realizam balanço semestral da nova gestão da Fundação Dom Avelar Brandão Vilela

Por meio de uma entrevista conduzida pelo apresentador Reis Moura, os presentes falaram sobre suas experiências durante os seis meses à frente da primeira emissora católica de rádio do Brasil

Na primeira semana do mês de julho, o programa Entre Amigos recebeu como convidados o diretor geral da Fundação Dom Avelar Brandão Vilela, padre Danilo Pinto e o diretor de programação da Rádio Excelsior, padre Gil Peixinho. Por meio de uma entrevista conduzida pelo apresentador Reis Moura, os presentes falaram sobre suas experiências durante os seis meses à frente da Rede Excelsior. Confira:

Padre Danilo Pinto, estamos completando aproximadamente seis meses da chegada dos senhores na nossa fundação Dom Avelar Brandão Vilela e na Rádio Excelsior da Bahia. Contem, tanto o senhor como o padre Gil Peixinho, como foi a chegada dos senhores nessa obra de evangelização?

“Foram seis meses de muito e intenso trabalho. Nossos primeiros três meses foram marcados pela escuta dos colaboradores, conhecendo as pessoas e suas dinâmicas de trabalho. De modo colaborativo, também nos ocupamos dos problemas que precisamos enfrentar, os objetivos estratégicos e os resultados-chave que precisamos alcançar, enquanto instituição. Adotamos a metodologia estratégica OKR (objective key results) com a qual trabalham grandes empresas, a exemplo da BMW, Netflix e Spotify e Google. Concluído o planejamento estratégico, iniciamos uma fase tática que foi marcada pela capacitação dos colaboradores dentro de ferramentas estratégicas específicas e pela consecução dos resultados-chave, em vista do alcance dos 21 objetivos definidos. Ficamos felizes porque conseguimos progredir em 70 pontos com indicadores de desenvolvimento dos pontos fracos da emissora, adotando novos processos e procedimentos”, relatou o padre Danilo Pinto.

“Nós queremos agradecer a vocês pelas orações pelo apoio, por terem nos incentivado a continuar essa missão tão bonita que há tantos anos o padre Aderbal e o nosso saudoso doutor Trindade iniciaram aqui. Hoje, esses dois jovens cheios de esperança, entusiasmo e alegria estão tentando dar continuidade a esse projeto muito bonito. Nós estamos mais convictos de que queremos cada vez mais uma Excelsior missionária porque acreditamos na graça e na força da Voz do Senhor do Bonfim. Queremos agradecer a Deus, a Dom Sérgio e a nossa Igreja por ter nos dado oportunidade de fazer parte de uma família tão especial que muda e transforma as histórias das pessoas.”, destacou o padre Gil Peixinho.

Ao longo deste primeiro semestre, vivemos grandes momentos de renovação em nossa emissora como a Pesquisa de Aperfeiçoamento na Programação da AM 840 e, também, da FM 106,1. Como os senhores enxergaram esse processo e o que virá de melhoria para nossa emissora a partir desta pesquisa?

Essa pesquisa nos ajudou muito a entender o que as pessoas escutam na rádio. Então, esta pesquisa nos ajudará a desenvolver uma programação de acordo com o desejo do coração e da sensibilidade daqueles que nos escutam. Esse tempo fez com que nós pudéssemos conhecer aqueles que nos escutam e aqueles também que não nos escutam, mas que o fariam se tivesse certo tipo de programação. Logo essa pesquisa nos faz entender sobre como falar concretamente com quem nos acompanha, com maior proximidade e qualidade de conteúdo.”, respondeu padre Gil.

Padre, como foi a reunião dos membros da família missionária Excelsior? A primeira pós-pandemia

“Foi realmente um momento muito especial da gente conhecer quem são os mais altos representantes da Rede Excelsior, nos seus contextos locais, das paróquias, nas comunidades em que eles fazem o papel dos discípulos-missionários. O representante é esse interlocutor entre o ouvinte e o time de colaboradores e da programação da Rádio Excelsior. Jesus quando multiplicou os pães e os peixes, Ele pede ajuda dos discípulos — que são os seus representantes — para distribuir aquele alimento entre a população, assim também, os representantes da Família Excelsior nos ajudam com este trabalho e voltam com as notícias dos ouvintes, das pessoas que acompanham o nosso o nosso trabalho, nos trazendo novos indicadores de elementos que a gente precisa considerar e deve favorecer na nossa programação.”, pontuou padre Danilo.

“Foi uma alegria muito grande. Nós rezamos, escutamos, nós batemos um grande papo e agora nós estamos nos preparando para nos encontrar nesse mês de julho. Foi uma experiência muito bonita de conhecer e escutar a cada um deles. Uma experiência que só gerou para mim e para o padre Danilo o entusiasmo de estarmos, realmente, no meio de grandes pessoas de um coração muito grande, que se preocupam em cuidar dos ouvintes, levando a voz do Senhor do Bonfim.”, afirmou padre Gil.

Por Luane Ribeiro

Últimos Posts